Escritos

Na juventude, Mary Baker Eddy escreveu em poesia e prosa para revistas e jornais. Depois de descobrir a Ciência Cristã, ela manteve ampla correspondência com milhares de pessoas comuns, com líderes do pensamento na religião, no movimento sufragista e na medicina.

A publicação mais importante da Sra. Eddy foi o livro Ciência e Saúde. Ela o revisou muitas vezes entre 1875 e sua morte. Ela também foi autora de outros 16 títulos que estão em circulação ainda hoje.

Veja a seguir quais são suas obras publicadas:

Ciência e Saúde com a Chave das Escrituras (1875)* 

Esse é o livro-texto fundamental da Ciência Cristã. Apresenta o sistema de cura de Mary Baker Eddy, explicando o significado inspirado da Bíblia, principalmente as palavras e ações de Jesus Cristo. “Essa obra é o fruto de toda a minha vida”, escreveu ela a um aluno. Ciência e Saúde tem 18 capítulos, incluindo “A oração”, “O matrimônio”, “A ciência, a teologia e a medicina” e “A prática da Ciência Cristã”. As últimas 100 páginas contêm testemunhos de pessoas que foram curadas pela leitura do livro. Mais de 10 milhões de exemplares de Ciência e Saúde já foram vendidos, traduzido para 16 idiomas e em braille em inglês.
*Tradução ao português publicada por primeira vez em 1963

A Cura Cristã (1886)* 

Aqui, Mary Baker Eddy explica como as curas morais e físicas praticadas por Jesus e seus primeiros seguidores são possíveis atualmente e fazem parte da prática cristã ainda hoje. Ela originalmente o apresentou na forma de sermão.
*Tradução ao português publicada por primeira vez em 2010

A ideia que os homens têm de Deus — Seu efeito sobre a saúde e o Cristianismo (1886)* 

Essa publicação curta examina como uma compreensão crescente de Deus pode transformar a saúde diária de uma pessoa e promover o progresso na demonstração do Cristianismo científico. Mary Baker Eddy analisa como a vida das pessoas é influenciada por seus pontos de vista a respeito de Deus, e também expõe o poder das ideias espirituais. Originalmente foi apresentado na forma de sermão.
*Tradução ao português publicada por primeira vez em 2010

Não e Sim (1887)* 

Esse texto inicialmente serviu como uma resposta de Mary Baker Eddy aos ataques de um pastor local contra a Ciência Cristã. Esclarece os ensinamentos da Ciência Cristã e mostra como diferem das outras tradições cristãs. Explica como a Ciência Cristã foi completamente fundamentada no ministério de cura de Jesus.
*Tradução ao português publicada por primeira vez em 1952

Rudimentos da Ciência Divina (1887)* 

Esta obra responde a algumas das perguntas mais frequentes a respeito da Ciência Cristã, apresentando uma explicação concisa de sua teologia. No formato de perguntas e respostas, Mary Baker Eddy apresenta ideias espirituais, respondendo a perguntas como: “A matéria não existe?”; “É o homem material, ou é ele espiritual?” e “Que devo fazer para demonstrar a Ciência Cristã na cura dos enfermos?”
*Tradução ao português publicada por primeira vez em 1952

A Unidade do Bem (1887)* 

Neste livro, Mary Baker Eddy fala sobre a natureza de Deus como o bem supremo e demonstra como essa compreensão nos capacita a comprovar a falta de poder do mal. Ela desenvolve esse tópico por meio de temas como: “Porventura Deus conhece ou vê o pecado, a doença e a morte?”, “Não existe a morte?” e “A missão do Salvador”.
*Tradução ao português publicada por primeira vez em 2010

Retrospecção e Introspecção (1891)* 

Nesta pequena autobiografia, Mary Baker Eddy escreve brevemente sobre sua infância e os eventos que a levaram à descoberta da Ciência Cristã. Ela explica o que significa seguir e praticar fervorosamente os ensinamentos de Jesus e oferece conselhos que são instrutivos para os atuais estudantes da Ciência Cristã. Ela também compartilha ideias sobre como escreveu seu principal trabalho, Ciência e Saúde e como estabeleceu A Primeira Igreja de Cristo, Cientista.
*Tradução ao português publicada por primeira vez em 1972

Christ and Christmas [O Cristo e o Natal] (1893) 

Este poema ilustrado de 15 estrofes é acompanhado de 11 desenhos feitos a carvão e aquarela, criados em uma colaboração entre Mary Baker Eddy e o artista James Franklin Gilman (1850–1929).

Manual dA Igreja Mãe (1895)* 

Esse conciso Estatuto continua a orientar todas as atividades dA Primeira Igreja de Cristo, Cientista, inclusive os cursos sobre a cura pela Ciência Cristã, as conferências públicas e os cultos da igreja. Está ali delineado o sistema único de governo que Mary Baker Eddy estabeleceu para A Igreja Mãe e proporciona orientação quanto à prática individual da cura cristã como ela a ensinou.
*Tradução ao português publicada por primeira vez em 1968

Pulpit and Press [Púlpito e Imprensa] (1895) 

Este livro contém o sermão de 1895 de Mary Baker Eddy proferido na dedicação dA Primeira Igreja de Cristo, Cientista, além de excertos do culto de dedicação. Também inclui relatos de jornais que narram o nascimento da Ciência Cristã e mencionam alguns dos progressos do movimento, ao longo de um período de 30 anos, a partir de 1866.

Escritos Diversos 1883–1896 (1896)* 

Esta coletânea contém diversos artigos, sermões, cartas e poemas fundamentados na experiência de Mary Baker Eddy ao pôr em prática seu sistema de cura. Os tópicos incluem cura mental, perdão, anjos e casamento. Ela o considerava como ajuda para compreender melhor Ciência e Saúde, e inclui dezenas de cartas de pessoas que foram curadas somente pela leitura daquela obra.
*Tradução ao português publicada por primeira vez em 2021

Christian Science versus Pantheism [A Ciência Cristã frente ao panteísmo] (1898) 

Esta é a mensagem de 1898 de Mary Baker Eddy para a Igreja de Cristo, Cientista. Analisa como o Primeiro Mandamento do Decálogo fornece o fundamento da Ciência Cristã e explica que as crenças panteístas não têm nenhuma relação com o conceito de um Deus universal.

Message to The Mother Church for 1900 [Mensagem À Igreja Mãe para 1900] (1900) 

Aqui, Mary Baker Eddy aborda os efeitos fortalecedores e sanadores do Cristianismo genuíno, que ocorrem por meio da obediência a Deus e do amor pela humanidade, como Jesus ensinou.

Message to The Mother Church for 1901 [Mensagem À Igreja Mãe para 1901] (1901) 

Esta obra oferece uma percepção da natureza infinita de Deus; aborda temas como: o Cristo; o Pastor da Igreja de Cristo, Cientista; a medicina; e outros tópicos relevantes para a prática da Ciência Cristã.

Message to The Mother Church for 1902[Mensagem À Igreja Mãe para 1902] (1902) 

Aqui Mary Baker Eddy faz uma profunda análise do Primeiro Mandamento e da natureza de Deus, o Amor infinito, e do mandamento de Jesus que amemos uns aos outros — todos esses ensinamentos são fundamentais e imperativos para a prática dessa religião.

Poems [Poemas] (1910) 

Este livro foi originalmente publicado como uma edição de presente para os amigos de Mary Baker Eddy, que a encorajaram a torná-lo público. Contém 48 poemas originais escritos ao longo de sua vida, a começar da infância. Sete deles foram musicados e fazem parte do Hinário da Ciência Cristã.

The First Church of Christ, Scientist, and Miscellany [A Primeira Igreja de Cristo, Cientista, e Outros Textos] (1913) 

Mary Baker Eddy compilou e editou este livro de duas partes. A Parte I (“A Primeira Igreja de Cristo, Cientista”) descreve a construção da Extensão da Igreja Mãe em Boston. Escritos da Sra. Eddy, bem como artigos de jornais de toda a América do Norte, detalham essa importante conquista arquitetônica e o desenvolvimento do movimento da Ciência Cristã. A Parte II (“outros Textos”) consiste em mensagens que a Sra. Eddy escreveu para apoiar e encorajar sua igreja.