Foram incorporadas mudanças em Ciência e Saúde depois de 1910?

11 fevereiro 2021

Ocasionalmente nos perguntam se foram feitas mudanças em Ciência e Saúde com a Chave das Escrituras depois do falecimento de Mary Baker Eddy, em 3 de dezembro de 1910.

No final daquele ano, a Sra. Eddy fizera as últimas alterações no livro. Em novembro, ela pediu que sua foto fosse retirada e autorizou as mudanças finais que tinha feito no texto.1 Essas mudanças foram incorporadas às impressões realizadas no início de 1911.

Depois dessa ocasião, A Primeira Igreja de Cristo, Cientista (A Igreja Mãe) não mudou o texto escrito pela Sra. Eddy. Além disso, a Diretoria da Ciência Cristã (que tem o cargo de editora) declarou de maneira categórica que o texto original em inglês de Ciência e Saúde, escrito pela Sra. Eddy, nunca será alterado. A aparência do livro (tipografia e layout) foi, contudo, modificada em algumas edições através dos anos.2

Depois de 1910, foram incorporadas duas mudanças aos testemunhos, no capítulo intitulado “Frutos”. Os testemunhos nesse capítulo foram substituídos cinco vezes, desde que foram incluídos pela primeira vez em 1902, na 226a edição de Ciência e Saúde. A primeira vez foi no início de 1907, quando todos os testemunhos, com exceção de um, foram substituídos em uma revisão significativa do livro.3 Depois disso, dois testemunhos foram retirados, com a autorização da Sra. Eddy. Eles foram substituídos por cinco novos testemunhos. Após o falecimento da Sra. Eddy, dois outros testemunhos foram retirados porque os colaboradores haviam deixado o estudo da Ciência Cristã ou não estavam mais vivendo de acordo com os ensinamentos dessa Ciência — um em 1912 e outro em 1925, quando foi adicionado um novo testemunho em substituição.

Em algum momento, em junho de 1907, a Sra. Eddy foi avisada de que um dos novos testemunhantes, o ator Frank Roberts, de Nova York, havia falecido recentemente. Um obituário informara que ele havia deixado um trabalho como ator, por motivos de saúde e “estivera doente por uns poucos dias”, vindo a falecer em um hospital particular da cidade de Buffalo.4 Não sabemos mais detalhes sobre a morte de Robert nem o que foi relatado à Sra. Eddy a respeito desse assunto. Em 21 de junho, seu secretário, H. Cornell Wilson, escreveu ao Editor de Ciência e Saúde:

Uma carta que acabamos de receber me diz que o Sr. Frank Roberts, o ator, faleceu. A carta também declara que o capítulo Frutos, nas edições mais recentes de Ciência e Saúde contém um testemunho do falecido Sr. Roberts (ver p. 659). Antes de o novo livro ser completado, esse testemunho deveria, conforme meu entendimento, ser retirado.5

Esse fato foi relatado à Sra. Eddy, enquanto um revisor de provas estava examinando as chapas de impressão do capítulo “Frutos”.6 Ela confirmou para o revisor de provas que o testemunho deveria ser substituído: “Tendo sido informada de que o autor do testemunho em questão veio a falecer, concordo … que é importante a inserção de outro testemunho para preencher o espaço em C. e S.”.7 O testemunho de Robert “Desire for Liquor Healed” [Curado do desejo de bebidas alcoólicas] (659–662) foi substituído por quatro testemunhos: “O livro-texto torna desnecessária uma cirurgia” (656–657), “Cura de doença dos rins e dos olhos” (657–658), “Curada uma enfermidade do intestino” (658–659) e “Curada pela leitura do livro-texto” (659).

Em 1909, outro testemunho foi retirado por orientação da Sra. Eddy. Em janeiro daquele ano, a Diretoria da Ciência Cristã encaminhou para a Sra. Eddy declarações de Annie R. Michael, professora da Ciência Cristã, e de Hattie J. Stevens, praticista da Ciência Cristã. Elas estavam preocupadas a respeito de um testemunho intitulado “Cura de câncer”, de Nellie C. Cramer, de Oneonta, Nova York (600–601). Stevens relatou que Cramer era uma “personagem pública” e estava usando “a igreja como um disfarce” para encobrir a vida impura e desonesta que levava. Stevens achava que a vida de Cramer era bem conhecida na comunidade de Oneonta e observou que, embora Cramer nunca tivesse sido membro da igreja local, ela não estava mais frequentando os cultos.8 Na afirmação de Michael, Cramer não tinha um “desejo sincero” e o testemunho “nos trouxe problemas e constrangimentos várias vezes, e estou segura de que vós, como também nós, ficarão felizes se ele for omitido”.9 Em 30 de janeiro, a Sra. Eddy ordenou ao Editor, Allison V. Stewart: “Por favor, retire-o e selecione um bom testemunho em substituição”.10 O testemunho foi substituído por “Cura de reumatismo” (600–601).

A primeira vez em que um testemunho foi retirado, após o falecimento da Sra. Eddy, foi em 1912. No final de 1910, a Bibliotecária de uma Sala de Leitura em Kansas City, Missouri, escreveu para Stewart, por este ser o Editor dos escritos da Sra. Eddy. Ela estava preocupada a respeito de um testemunho intitulado “Uma bênção de valor inestimável”, de Newton R. Fuller (698–699):

Um homem de sobrenome Fuller, que agora mora aqui e frequenta a 3a Igreja, alega que esse testemunho é dele. Acontece que no testemunho ele diz ser um homem totalmente saudável, mas se alguém investigasse essa afirmação, constataria que está longe ser verdadeira, agora. Não sei qual seria o nome do problema, reumatismo ou paralisia, mas o Sr. Fuller arrasta uma perna e um dos braços está inerte. Nem sempre ele está esfarrapado, mas nunca está limpo, nem ele nem suas roupas. Ele vem à Sala de Leitura com frequência, e fala mais como uma criança do que como um adulto. Disseram-me que o problema físico atual começou há cerca de dois anos.11

Em julho de 1911, Stewart pediu ao Comitê de Publicação da Ciência Cristã no estado de Missouri que verificasse discretamente os fatos sobre a “condição atual” de Fuller.12 Depois de receber um relatório, em setembro, Stewart respondeu: “O senhor certamente se empenhou bastante para verificar os fatos, e seu relato a respeito do Sr. Fuller está bem completo e abrangente. Apresentarei o relatório às pesoas apropriadas, e não tenho dúvidas de que alguma medida será tomada em relação ao assunto”.13 O testemunho foi retirado em 1912 e não foi substituído por nenhum outro.

A segunda vez em que um testemunho foi retirado, após o falecimento da Sra. Eddy, ocorreu em 1925. Belle B. Coleman (mais tarde chamada Belle B. Bartram) tinha um testemunho intitulado “Cura de insanidade e epilepsia” (604–605). Em 1921 ela se desligou dA Igreja Mãe e se juntou ao movimento dissidente de Annie C. Bill, chamado “The Parent Church” [A Igreja Progenitora]. Em 1925 seu testemunho foi substituído por “Cura de problemas da coluna vertebral e de indigestão” (604–605).

Desde 1925, não houve mais mudanças no capítulo “Frutos”.

Para mais informações sobre a formação do capítulo “Frutos”, ver o artigo “What is the background to the chapter titled ‘Fruitage’ in Science and Health?” [Qual é o histórico do capítulo intitulado “Frutos” em Ciência e Saúde?].

Print Friendly, PDF & Email
  1. Adam H. Dickey para Allison V. Stewart, 10 de novembro de 1910, L07287; Página de prova de Ciência e Saúde, 15 de novembro de 1910, Pasta do arquivo, Eddy, Mary Baker (1821–1910): Escritos — Ciência e Saúde — Revisões 1910.
  2. Somente A Igreja Mãe e A Sociedade Editora da Ciência Cristã podem legalmente usar, em seus produtos, a marca registrada do emblema da Cruz e da Coroa, e a assinatura de Mary Baker Eddy. A presença dessas marcas registradas nas publicações, em qualquer meio de comunicação, indica que A Igreja Mãe é sua fonte.
  3. “The Christian Science Text-Book” [O livro-texto da Ciência Cristã], The Christian Science Journal, fevereiro de 1907, 654. https://journal.christianscience.com/shared/view/xqeyp7437w?s=t.
  4. “The Death Record” [Registro de falecimentos], The Buffalo Commercial (Buffalo, Nova York), 21 de maio de 1907, 2.
  5. H. Cornell Wilson para Joseph Armstrong, 21 de junho de 1907, L11893.
  6. Armstrong para a Sra. Eddy, 19 de junho de 1907, IC003cP2.03a.051.
  7. Sra. Eddy para William D. McCrackan, 22 de junho de 1907, L13015.
  8. Hattie J. Stevens, 18 de janeiro de 1909, L09448B.
  9. Annie R. Michael para William B. Johnson, 20 de janeiro de 1909, L09448A.
  10. Calvin A. Frye para Stewart, 30 de janeiro de 1909, L09448.
  11. Anna Hudson Smith para Stewart, 4 de janeiro de 1911, Pasta do arquivo, Mary Baker Eddy: Escritos — Ciência e Saúde — Capítulos — “Frutos” — Geral.
  12. Stewart para Albert E. Lombard, 27 de julho de 1911, Pasta do arquivo, Mary Baker Eddy — Escritos — Ciência e Saúde — Capítulos — “Frutos” — Geral.
  13. Stewart para Lombard, 16 de setembro de 1911, Pasta do arquivo, Mary Baker Eddy: Escritos — Ciência e Saúde — Capítulos — “Frutos” — Geral.