Qual é a história por trás do artigo “Contágio”, de Mary Baker Eddy?

6 agosto 2020

Não conseguimos encontrar nenhuma referência da própria Mary Baker Eddy quanto à razão de ela ter sido impelida a escrever “Contágio”.1 Sabemos, contudo, que diariamente eram veiculadas notícias de doenças epidêmicas na região de Boston, onde a Sra. Eddy morava, na época.

Esse breve artigo foi publicado, pela primeira vez, na edição de 4 de agosto de 1883 do The Christian Science Journal (chamado na época de Journal of Christian Science). Aquele era apenas o terceiro número da revista. O artigo foi reimpresso com poucas alterações no número de fevereiro de 1886.

Ao preparar o artigo para a publicação de seu livro Miscellaneous Writings 1883–1896, em 1897, a Sra. Eddy o revisou consideravelmente. As revisões incluem mudanças na referência ao Salmo 91; ela substituiu os versículos 5 e 6 pelos versículos 9 e 10. Esse Salmo é um dos dois trechos bíblicos citados no artigo.

Em março de 1895, a Sra. Eddy permitiu que sua aluna, Mary F. Berry, que curava pela Ciência Cristã e a ensinava, publicasse novamente a versão de fevereiro de 1886 do artigo “Contágio”, no jornal Daily Mirror and American, da cidade de Manchester [New Hampshire]. A Sra. Berry havia escrito ao secretário da Sra. Eddy, Calvin A. Frye, dizendo: “Creio que o artigo [‘Contágio’] seria muito benéfico neste momento em que as pessoas estão com tanto medo do cólera”.2 A cada ano, de 1883 a 1895, Manchester havia sido a cidade que registrara mais mortes de cólera, no estado de New Hamphsire. Em 1894 e 1895, a cidade teve um aumento significativo no número de mortes por cólera. Esse fato deve ter sido o motivo do pedido da Sra. Berry.3 Não temos uma cópia do artigo conforme foi publicado no jornal Mirror and American.

É digno de nota que o Salmo 91 era muito importante para a Sra. Eddy. Ela recorreu a esse Salmo ao longo de sua vida, para escrever, ensinar, falar em público e, até mesmo, ao fundar a Ciência Cristã. Em uma entrevista que ela deu a um jornal, em abril de 1901, perguntaram-lhe: “Em que é fundamentada a Ciência Cristã?” Esta foi sua resposta:

Posso dizer-lhes no que eu alicercei minha concepção da religião e, pelo que dependeu de mim, aquilo que estabeleci como o fundamento da Ciência Cristã foi o seguinte: os Dez Mandamentos, o Salmo 91, o Sermão do Monte, o Apocalipse de São João, o Divino”.4

Print Friendly, PDF & Email
  1. Miscellaneous Writings 1883–1896 [Escritos Diversos 1883–1896], 228–229.
  2. Mary F. Berry para Calvin A. Frye, 20 de março de 1895, IC369.49.007.
  3. Report Relating to the Registration and Return of Births, Marriages, Divorces and Deaths in New Hampshire [Relatório de registros de nascimentos, casamentos, divórcios e mortes em New Hampshire], Volume 15, 406.
  4. Joseph I. C. Clarke, My Life and Memories [Minha vida e memórias] (New York: Dodd, Mead, 1925), 337.